O que usar num casamento – Convidadas

Cada dia aumenta o número de seguidores do blog e pessoas que me buscam pedindo por dicas de looks, como usar tal peça, o que combinar, etc. Fico imensamente feliz, afinal o blog é feito por e para vocês.

Nos últimos dias, a Isabella Maria (um beijo Isa), veio me pedir dicas de como se vestir para um casamento, sendo apenas convidada. Ela me contou sobre o seu desejo de vestir-se diferente, não com “o de sempre”.

Casamento, tá aí uma ocasião complicada para você dizer o que o outro deve ou não vestir. É muito pessoal e dependente do estilo da festa, dos noivos, da hora e do local. Tudo interfere. Se você vai num casamento mais clássico, refinado, elegante, você precisa se adequar a situação, é preciso usar um longo. Agora, se você vai num casamento na praia, pode abrir mão do salto. Se for um casal super jovem, pode abusar dos comprimentos curtos, brilhos. O único erro é você sentir-se deslocada na ocasião. Na moda é assim, não existe certo ou errado, existe adequado ou inadequado. 

Buscando trazer uma luz pra Isabella e pra todas as outras que procuram um look diferente para usar num casamento, eu fiz uma seleção de como diversificar um pouco, sair do vestidinho tradicional. Claro que o tradicional não tem erro, mas as vezes, dá vontade de ousar, então, se joga! São três dicas valiosas:

Saia
Cada vez mais nossos guarda-roupas se enchem de saias lindas e em diversos modelos. Eu mesma, sou uma apaixonada por elas. E elas são uma ótima opção para diversificar o look nessas ocasiões. Essa história de que em casamentos você precisa, obrigatoriamente usar peça única, é furada. Não tem nada disso! Basta saber combinar e você pode usar saia. Aposte em uma blusinha de tecido mais fino, cetim ou seda, são ótimas opções. Blazers são minha paixão, dá pra ir com eles pra casamento sim!

Acessórios
Não é nenhuma novidade que os acessórios são capazes de modificar qualquer look. Na hora de uma festa eles também são nossos aliados. Qualquer vestidinho básico deixa o básico de lado e chama toda a atenção com uma simples clutch à acessórios coloridos. Faixas em estampas diversas ou cores contrastantes podem dar um toque que você jamais imagina. Vale tentar e é uma dica para repetir o vestido sem dar na cara!

Macacão
Essa é uma dica para a próxima temporada, o macacão estará super em alta e será a hora de usar e abusar deles. Se surgiram nos red carpets, por que não nas festas? Eles são como os vestidos, dependendo do modelo vão das festas mais simples às mais luxuosas. O modelo da Pat Romano é um Patrícia Bonaldi e foi usado no casamento da irmã da Sabrina Sato e acabou sendo um dos destaques fashions da festa. Vale a dica para quem quer inovar e arrasar!

Minha última dica é: cuidado com os tecidos! Casamento, por mais simples que seja, exige uma peça mais fina. Não adianta comprar um macacão numa feirinha e usar num casamento e depois falar que eu que ensinei isso aqui no blog! O mesmo vale para as saias e vestidos. Os acessórios, se joga na 25 que com 50,00 você faz a festa e ninguém percebe! Mas o tecido, é visível quando é de péssima qualidade, então, cuidado! O mesmo cuidado vale para blusinhas de cetim e seda, se forem de má qualidade vão parecer peça de pijama. Existem sim peças por um preço justo e com um tecido bom, é só procurar!

Espero que as dicas tenham sido válidas para modificar o look tradicional dos casamentos e arrasar!

Vestida para madrinha – Parte II

Não são raros os comentários e pedidos de posts sobre vestidos para casamento. Há algum tempo, fiz o post Vestida para madrinha, o feed back foi muito legal, muitas meninas vieram falar que se inspiraram nos modelos e vieram me contar! Fico feliz quando os posts ganham essa repercussão, vocês vêm falar comigo, agradecem e pedem bis! rs

Nesse fim de semana, aconteceu o casamento liiindo da Jéssica e do Tiago, foi emocionante ver os preparativos de meses, a espera de anos se concretizar diante de Deus. A cerimônia aconteceu na igreja Santo Antônio, aqui em Cachoeira Paulista e a festa foi no Farol do Vale, um clube de campo da cidade. A decoração, ia do nude ao roxo e ganhou um ar rústico com móveis e cortinas em tons de marrom. Tudo perfeito! (clique nas fotos para ampliar)

E, assim como a decoração, os vestidos das madrinhas também variavam entre nude, rosé e roxo, num estilo americano, as madrinhas estavam com vestidos seguindo um mesmo padrão, cada uma definiu como seria o corpo, mas a saias e os tecidos, eram todos o mesmo. (desculpem a foto de instagram, mas foi a única que consegui com todas as madrinhas)17482_533308043402712_1017569379_n

Optei pelo roxo, já que na minha brancura, que beira a transparência, um vestido nude ou rosé me apagariam ainda mais. Coloquei na cabeça que queria um vestido com renda, mas não queria qualquer renda, queria guippir, custei a achar – aqui é interior do interior – mas achei \o/, defini o modelo e o resultado foi lindo! Make e cabelo, foram por minha própria conta! Confio mais em mim do que em cabeleireira que não conheço, e como faz pouco tempo que moro por aqui… Qualquer dia ensino aqui no blog!

Além do meu modelo, ajudei a Céci na escolha do dela. Quando ela me pediu ajuda, eu tinha em mente um modelo alternativo caso não achasse a renda para o meu, mandei vários outros para ela, mas já estava na minha cabeça que ela amaria aquele modelo, no ‘pouco’ que a conheço, sabia que fazia muito o estilo dela. Não deu outra, ela amou! O mais engraçado foi ela me perguntando ao longo da semana sobre cor de unhas, acessórios e tudo mais. Me senti a verdadeira personal stylist kkk. Obrigada Céci pela confiança! O resultado foi lindo, até eu mesma me surpreendi, o modelo casou direitinho com a pessoa, o corpo, tudo mais, ficou perfeito!

Os vestidos ficaram lindos graças à competência da Selma, que costurou 10 vestidos de madrinhas, um mais lindo que o outro! As fotos são da Priscila Campos, namorada do irmão do noivo.

Por fim, só tenho a parabenizar a Jéssica e o Tiago pelo casamento lindo, deixo meus votos de felicidades eternas e que Deus continue abençoando muito vocês, afilhados!

Vestida para madrinha

Há algum tempo, quando assumi o Se Eu Fosse Chic, me pediram um post sobre vestidos de casamento. Pensei, repensei, li e reli sobre, demorei e resolvi postar algo de acordo com o que eu sempre pensei para trajes para estas festas. Sempre fui muito chata para este tipo de festas phynas como casamentos, festas de 15, bodas e etc. Uma mulher passa a vida sonhando com esses dias, prepara tudo, escolhe o melhor, gasta horrores para tudo ficar perfeito e aí sempre tem aquele convidado deslechado que surge de calça jeans ou, o que é ainda pior, mulher com vestidinho de feira! Acho a maior falta de respeito! #prontofalei #souchata (amigos que estão lendo meu post, já estejam avisados para quando os convidar para meu casamento!)

Já estamos cansadas de saber que existe uma roupa para cada ocasião e casamentos exigem roupas sociais. A não ser que se trate de um casamento temático, no campo, de manhã, o que ainda assim tem o social próprio para hora e local. No geral, casamento exige vestidos phynos, com tecidos mais requintados, bordados e etc. A produção das convidadas eleva o grau da festa. Não se pode esquecer ainda, que a estrela da festa é a noiva, ninguém pode brilhar mais que ela, o branco e demais tons da cartela são reservados à ela e somente ela. E preto também não pode, essa é uma regrinha da minha avó, que diz que preto é cor do luto e “não combina” com casamento, se você analisar bem, tem uma certa lógica, prefira as cores!

Separei alguns dos meus modelos preferidos para madrinhas:

MADRINHA Martha Medeiros MADRINHA Martha Medeiros2MADRINHA Patrícia BonaldiMADRINHA Patrícia Bonaldi2MADRINHA Patrícia Bonaldi3MADRINHA Gustavo Lins2MADRINHA Gustavo LinsMADRINHACristina Mendonça

 

Os modelos vão da alta costura do estilista Gustavo Lins, aos sempre lindíssimos modelos da Patrícia Bonaldi e também Martha Medeiros e Cristina Mendonça. Todos brasileiros. Coloquei, inclusive, dois vestidos estampados, para mostrar que estampa pode sim, basta um pouco de bom senso na hora da escolha dela, do tecido e modelo.

Para as que querem uma inspiração internacional e de famosas, indico o site da Constance Zahn, com modelos lindíssimos é o melhor e mais completo site sobre casamento. Tem também inspirações para festas infantis e baby, o site é apaixonante, você esquece das horas passando páginas e páginas de inspirações lindíssimas.

Como usar: Blazer

Para mim é peça indispensável no guarda-roupa, sou apaixonada pelos looks compostos por eles e já estava em mente colocar aqui alguns looks com ele como peça chave, até que a Stela – do fã clube da banda conexa – me propôs pelo twitter que fizesse uma matéria falando sobre eles, que ela acha bonito mas não sabe como combinar.

O blazer para muitas mulheres ainda está associado a peça formal e executiva que acarreta um certa seriedade ao look, mas essa ideia pode estar completamente equivocada. A algum tempo atrás, os blazers compunham conjuntinhos monocromáticos, hoje eles já passaram a ser peças únicas, que podem ser combinadas com jeans e outras cores, compondo looks lindos.

Qual é a regra para usá-los? Eu particularmente não vejo nenhuma regra, não é uma peça que você diga: NÃO PODE USAR de tal forma, pelo contrário, o blazer pode ser usado nas mais diversas situações.

Eu já usei desde situações super informais como um passeio no shopping até o casamento do meu primo – a foto com a noiva foi a única que encontrei onde estava ainda com o blazer, e só lembrando que o colar havaiano deu um toque todo especial mas ele NÃO FAZ PARTE do look. BLAZER BRANCO RENNER – R$ 169,90

Agora, se você está pensando em comprar o seu primeiro, minha dica é que prefira pelas cores neutras: branco, preto, marinho ou nude. Assim é mais difícil você errar ao compor o look.

Separei alguns looks para vocês se inspirarem e verem as mais diversas formas de usar:

O que acharam dos looks? Como vocês preferem combinar o blazer?