Em busca de pele – quase – perfeita

É o sonho de toda mulher ter aquela pele lisinha, sem marcas e aveludada. Eu a tinha – sem esforço algum – até meus 16 anos. Bons e saudosos tempos! Mas, infelizmente chegou a hora em que a olheira começou a marcar, uma espinha aqui e outra ali começaram a aparecer. Corri pra dermatologista que logo me passou um tratamento simples: 2 pomadas combinadas à um comprimido e ao anticoncepcional. Durante seis meses segui o tratamento à risca e minha pele voltou a ser quase a mesma dos meus 15 anos. Porém, a combinação das pomadas causava enorme irritação e sensibilidade e o uso de anticoncepcional – além de me engordar – prejudicava meu corpo sem um grande por quê (e antes que perguntem, sim, eu sou completamente contrária ao uso de anticoncepcional). Então mudei junto à minha dermatologista o tratamento, que uso até hoje:

IMG_0773

1. O sabonete hidratante – alterno entre Nivea e Dove – pela agressão causada pela pomada Epiduo, prefiro usar um sabonete hidratante a um que deixe meu rosto livre de qualquer oleosidade. A dica é lavar o rosto 3 vezes ao dia em água fria, e o que estou fazendo atualmente é lava-lo com água mineral, pode parecer frescura, mas assim que você testar, notará a diferença.
2. A pomada para tratamento de cravos e espinhas, desde o início minha dermatologista me indicou a Epiduo, os resultados são notáveis e totalmente satisfatórios. Porém ela trás um leve desconforto, como irritação e sensibilidade da pele, resultando em vermelhidão e ardência.
3. A pomada hidratante – não foi indicação da dermatologista – comecei a usar por conta e hoje não abro mais mão. Desde que o Bepantol apareceu em duas versões – a baby e a derma – os testei e não vi grandes diferenças e já que a maior está no preço, opto pela baby. Ameniza as olheiras e hidrata feito nenhum outro hidrante caríssimo.
4. O comprimido, que usava por indicação da dermatologista, é para reduzir a produção de oleosidade pela pele.

Acrescentando: faltou a terceira pomada, Azelan, que utilizo para clarear pequenas manchas, já que por se tratar de um ácido, ela provoca leve descamação na pele.

Mas, como o tratamento é longo e vez ou outra ainda insiste em aparecer uma espinhinha aqui outra ali e as noites mal dormidas resultam em olheiras terríveis, a make é essencial na hora de disfarçar olheiras e corrigir espinhas:

IMG_0763

5. Base líquida e de cobertura fina, minha escolha é a Natura Aquarela. Pele perfeita e sem o aspecto de cobertura pesada ou grossa.
6. Corretivo Capricho Cores d’O Boticário, meu favorito para disfarçar as olheiras.
7. Corretivo de alta cobertura Natura Una para cobrir espinhas e machas.
8. Corretivo em creme Natura Aquarela para leves manchas e pequenas imperfeições.
9. Pó compacto Natura Faces para o aspecto saudável.
10. Pó compacto translúcido Vult para retoque da zona T, tira o brilho e disfarça a oleosidade da pele.

Estamos na luta pela pele perfeita, um dia chego lá! Espero que tenham gostado das dicas e lembrando que vocês não devem fazer uso de nenhum medicamento sem antes consultar seu médico, meu tratamento é apenas para que vocês tenham uma referência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s